“SE VOCÊ QUISER FAZER ARTE, DEVE TRABALHAR COM OUTRA COISA E NÃO COM MODA”, DIZ JEAN PAUL GAULTIER

Jpgdetaquevendapuig

Será?

A gente tem o péssimo hábito de tomar como lei aquilo que alguém muito inteirado sobre um assunto diz. Sem questionamentos. Não preciso dizer que Gaultier é um dos papas da moda, qualquer coisa dita por ele é para ser ouvida e com atenção, bem caladinho. Mas opinião é opinião, cada um com a sua e certos assuntos são tão controversos que – transcrever um comentário como se fosse fato livre de dúvidas é um tanto leviano.

Numa palestra em São Paulo, em 10 de outubro último, Jean Paul Gaultier falou para uma platéia lotada (inveja – estaria ali sentada se pudesse) sobre tantas e tantas coisas, como o seu processo criativo… sobre a origem de seus ícones como as listras Breton e o seu urso Naná, que ele “colocou seios” para modelar pilotos de sutiãs no bichinho. Mas bingo, a manchete na maioria dos veículos (via web) foi logo essa aí acima. E eu acho até bom que essa discussão venha à tona mesmo. Nos ajuda a entender mais sobre um assunto se tem muita gente discutindo sobre ele.

Jean-paul-gaultier

Crédito: Renata Ambrósio via FFW.com

E, pois, tem muita gente associando/pensando moda e arte nesse mundo onde produzir qualquer coisa (em tom pejorativo), se já não era relevante antes, imagine agora, numa aldeia de 6 bilhões de pessoas interconectadas e o tempo todo se “comparando”… A questão maior não é se a moda pode ser arte ou vice-versa. Nãaao. É se, de fato, os sistemas podem coexistir num mesmo trabalho. E, agora sim, a pergunta é: why not?

Uns falam que moda é comércio, indústria. Mas a arte também não se vende? Obviamente um artista não vive para vender a sua obra, mas para produzi-la, e o comércio é a sua consequência não a causa. E por que não criar a moda também nesses termos?

Jeanpaulgaultierinth

JPG criou peças icônicas para o cinema (O Quinto Elemento, “O Cozinheiro, O Ladrão, Sua Mulher e O Amante”, “Má Educação”, dentre muitos outros títulos) e para música – onde Madonna vestida com o corselet/sutiã cone é musa. E não são essas formas artísticas, Monsieur Gaultier? Suas roupas, assim como seus figurinos nos fazem, sim, sonhar.

Madonna-conical-bra

Mas ele não quer isso e diz: “Que a moda não seja confundida com arte. Para ser um estilista, tem que se trabalhar muito. Eu me sacrifiquei a minha vida inteira. Deixei de conviver com pessoas ou viver experiências por causa do trabalho, que é muito. E hoje não é como antes, quando você só criava. Precisamos estar cientes de tudo o que acontece com a marca, os investidores cobram resultados e ao mesmo tempo tenho que me manter verdadeiro comigo mesmo. Moda não é arte. Se você quiser fazer arte, deve trabalhar com outra coisa e não com moda”.

Mas o sacrífício é igualmente grande para um artista. A cobrança não é do investidor, é pior, é de si mesmo. São duas coisas distintas, a moda e a arte, mas elas podem ser confundidas sim. Devem. Tanta gente faz (fez) tão bem isso… Gareth Pugh, Alexander McQueen, Elza Schiaparelli, et cetera et al

Mas essa é, por aqui – apenas e também –  mais uma (modesta) opinião.

http://www.jeanpaulgaultier.com

www.ffw.com.br

Anúncios

One thought on ““SE VOCÊ QUISER FAZER ARTE, DEVE TRABALHAR COM OUTRA COISA E NÃO COM MODA”, DIZ JEAN PAUL GAULTIER

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s