AS MODAS E AS TECNOLOGIAS NO PITTI IMMAGINE UOMO

Firenze comemora mais uma edição de sucesso do evento que é um dos principais salões internacionais de novos projetos para a moda masculina. 

Com record de participação de expositores – 1219 marcas – e público – 36 mil pessoas – o Pitti Immagine Uomo, evento que aconteceu entre os dias 12 e 15 de janeiro de 2016, em Firenze, apresentou novas tecnologias aplicadas à moda e outras tantas para a sua exibição.

De um mercado eminentemente voltado para a alfaiataria com visual hipster-vintage, para uma verdadeira arena de colaborações que celebram diversas tecnologias em background extremamente contemporâneo, a cidade que respira arte e tradição abre as portas para a nova brisa do momento: os artesãos do novo milênio, também conhecidos como “makers“.

Eu destaco:

  •  ADIDAS ORIGINALS E WHITE MOUNTAINEERING

©Vanni Bassetti

Os códigos da adidas Originals foram reinterpretados pelo designer Yosuke Aizawa, da label japonesa White Mountaineering, nessa coleção outono-inverno 2016.

Com design que alia funcionalidade e tecnologia, o sportswear da marca veio com perfume tribal-futurista, propondo v-shapes com o trio de faixas tradicionais da marca, em jaquetas, blusões e calças, que vão estar nas lojas e online a partir de agosto.

Arrematando o show, uma kinectic light performance feita com triângulos e trilha matadora.

 

"Um, design. Dois, funcionalidade. Três, tecnologia." - Yosuke Aizawa
  • NORWEGIAN RAIN E GRENSON SHOES

Alt-Set-244-960x641 Alt-Set-243-960x641 Alt-Set-242-960x641

©Reprodução

Especialista no segmento “rainwear” (moda para dias de chuva), a Norwegian Rain, em parceria com a britânica Grenson, apresentou #TheWaterproofShoe, sapato executado com tecnologia que permite caminhar, dançar e cantar debaixo de chuva :) – sim, as belezas repelem água, apesar de serem feitos em couro legítimo, minha gente. Por até 13 horas.

  • COLMAR ORIGINALS E “THE FUTURE GENERATION”

Colmar-_4 Colmar-_3 12509865_977260609014931_2166208645693298983_n

©Reprodução
Colmar Originals apresentou no Pitti Immagine Uomo uma coleção com peças de alto impacto, assinada pelos novos estilistas Christian Pellizzari e ComeForBreakfast, em colaboração com o projeto Vogue Talents.
Futuro, mundo digital e tecnologia são os temas do outono-inverno 16 da marca, que lança mão de materiais inovadores e tecidos com diversas características tecnológicas.
 
Destaque para as jaquetas realizadas totalmente em tecido retrorrefletor, agasalhos acolchoados a ultrasson e logos impressas com efeito 3D, tricôs realizados em neoprene e malha, trabalhados com técnica de casinhas de abelhas e em lã.
***
A temporada da moda masculina segue na Itália, em direção a Milão. Já estou sabendo que rolou, no desfile da Versace, aquele tecido luminescente chamado Lumigram®. Quer saber mais? Não perca o próximo post.

PRINT MY PRINT

Coisa boa é falar de tecnologia a serviço de iniciativas pessoais, projetos que nascem pequenos para crescerem (ou não) com o tempo. Acredito nisso. Melhor do que ter de trilhar o caminho inverso – tem de ter “muito culhão” hoje em dia para começar um negócio já grande, muito dinheiro também, para segurar essa barra que é roçar o mato alto da concorrência. Com quase 7 bilhões de gentes no mundo, inovar é loteria. Segurar o consumidor, também.

Ontem postei na minha página do Facebook um vídeo de um serviço bacaníssimo que comparo ao do print 3D on-demand como o Shapeways, sobre o qual já falei tanto aqui. O Print my Print, impressão digital em tecidos online, apesar do nome, é brasileiro e está em Blumenau, SC.

Do que se trata, enfim? Basicamente, com cinquenta Dilmas – até o fechamento desse post ela continua presidenta, é bom dizer :) -, é possível imprimir um metro da sua estampa exclusiva, enviada por você mesmo,  em bases como viscose e sarja. Por enquanto.

A promessa é que esse número de possibilidades de bases aumente e o banco de imagens disponíveis, também. A biblioteca deles de prints disponíveis é ainda bem restrita, nenhum me chamou atenção, é verdade. Mas a possibilidade do envio de um desenho seu e com pedido na quantidade que você quiser (a partir de um metro), não é magnífico? Eu achei.

Aí já viajei aqui, que ano que vem – quem sabe né – , já com uma impressora Cube 3D em casa, mais uma dessa daí “printando” tecidos, que maravilha viver.

A era dos makers já chegou. Esse também é um dos viéses do futuro da moda, que como a conhecíamos até hoje está muerta, por assim dizer, segundo a trendhunter Li Edelkoort. Não posso concordar mais. E não é uma questão de óbito fashion, como insistiram nas profecias dos livros de papel com relação aos tablets. Interpretar Li assim, é subestimá-la demais.

E sobre os makers e a moda, prometo pensata depois! Quem experimentar o serviço Print my Print pode vir me contar, combinado? Pelo vídeo parece ser bem bacana.

PARCERIA TECNOLÓGICA ENTRE SPFW, O2 FILMES E FACEBOOK

How cool is it? O SPFW, a O2 Filmes e o Facebook lançam, em parceria, uma experiência imersiva de vídeo nessa edição Inverno 2016 do evento, que acontece até o dia 23, quinta-feira, em São Paulo.

Uma série de três vídeos em 360º, com função ativada com o clique do seu mouse, será divulgada durante a semana de moda. O primeiro deles é esse aqui, clique na imagem para assistir:

2015-10-21 06.08.21 pm

Segundo o portal FFW, é a primeira vez em que uma semana de moda faz uma parceria com o Facebook, publicando vídeos como esse. “Um desejo que está no DNA do SPFW é adotar sempre tecnologias de vanguarda. O evento sempre abordou a moda de uma forma transversal e se posiciona mais do que como uma semana de moda, mas como uma plataforma de conteúdo”, afirmou Paulo Borges, criador do SPFW, para o veículo.

Vamos aguardar os outros dois, um mais poético, com o próprio Paulo, e outro que irá mostrar o backstage do evento. Os vídeos podem ser acessados por aparelhos com sistema Android e no navegador Chrome.

Crédito da imagem: ©EDU LOPES/AGÊNCIA FOTOSITE

VIDEO ARTE SIMULA BOBINAS TÊXTEIS

Criado por Todd Moyer e exibido na Create:Fixate – I Art You, em Fevereiro de 2014, essa instalação revela, através da técnica de video-mapping 3D, bobinas de tecidos virtuais “desenhadas” por nove feixes de laser.

A ideia da peça é reunir o pensamento das tecnologias aplicadas à moda, na época da revolução industrial – como os teares mecânicos -, com as novas tecnologias não-materiais de manipulação de fótons.

Cada bobina é mapeada com padrões têxteis randômicos e gerados em real time. Pretty cool.


toddmoyer.net/
createfixate.com/iartyou/
cartwheelart.com/2014/02/19/photos-createfixate-i-art-you/

TRIO JAPONÊS VESTE VÍDEO

Esqueça Jennifer Lopez. A performance que sacudiu a web na última semana – foi o post mais acessado desse blog, em todos os tempos – é fichinha perto dessa que você vai conferir abaixo.

O trio pop japonês Perfume apresentou-se no dia 17 de março, durante a edição 2015 do SXSW, e a peça principal da “instalação” não é o figurino propriamente dito, mas a performance como um todo, com tecnologia executada pelo estúdio Rizhomatiks.

No caso de J-Lo a projeção foi pensada para o vestido e o mapeamento resume-se a ele. Talvez um motivo mais concernente ao tópico principal desse blog, pois no video mapping de Perfume, a história vai além da roupa. Mas fica como inspiração para cenógrafos e figurinistas da moda.

Para saber mais como o projeto foi pensado, clique aqui.